terça-feira, junho 20, 2006

Fusões = monopólios = desemprego


Acreditei em tempos que o crescimento das empresas traria como consequência uma melhor qualidade de vida dos principais responsáveis desse engrandecimento - os trabalhadores.
No entanto, venho constatando que é precisamente o contrário que está acontecendo; daí que esta fusão da Nokia e da Siemens e os seus mais significativos reflexos para os trabalhadores - mais de 9000 desempregos - já não me surpreenderem.
O que me surpreende é a pouca-vergonha dos empresários e de muitos políticos que a cada momento advertem os trabalhadores no sentido de não serem reivindicativos, tendo em conta " a necessidade de crescimento da economia".
Afinal, a economia cresce, os lucros das empresas sobem e o que fica para os trabalhadores? Uma mão-cheia de nada e uma grande revolta que mais tarde ou mais cedo se transformará num grito universal de repulsa contra um sistema - o capitalismo - que não consegue responder às mais elementares necessidades de milhões de seres humanos.
Posted by Picasa

1 Comments:

At 22:17, Blogger mock said...

http://www.istonaodacomnada.blogspot.com/

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home