terça-feira, janeiro 03, 2006

CÁCERES MONTEIRO...

...DEIXA-NOS AOS 57 ANOS
.
Recentemente, ao recordar amigos desaparecidos de forma prematura, todos ainda antes de completarem 60 anos, manifestava a minha angústia pelo facto de, a par de uma esperança de vida cada vez maior para os portugueses, ver os meus amigos deixarem-nos cedo de mais.
Isto mesmo me acorre agora ao tomar conhecimento da morte de alguém que me habituei a admirar. Li-o, era eu ainda muito jovem, e ele também, na saudosa Flama; continuei a lê-lo nas mais variadas publicações. Mas onde a leitura dos seus escritos se tornou mais regular foi no também saudoso
O Jornal, que acompanhei do princípio ao fim.
No momento em que desaparece alguém que me ajudou a crescer, apresento os pêsames à sua família e não quero deixar de agradecer ao Cáceres - com quem nunca tive o prazer de conviver - tudo o que fez por mim, com os seus livros, as suas crónicas.
É que tenho bastas razões para os agradecimentos, pois, como costumo dizer: «os livros e os jornais são a escola que eu não tive.»

1 Comments:

At 18:06, Blogger Armando S. Sousa said...

Também sempre admirei Cáceres Monteiro.
Uma grande perda para o bom jornalismo português.
Um abraço.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home