terça-feira, dezembro 13, 2005

TÃO ACTUAL, INFELIZMENTE

«Ordinariamente todos os ministros são inteligentes, escrevem bem, discursam com cortesia e pura dicção, vão a faustosas inaugurações e são excelentes convivas. Porém, são nulos a resolver crises. Não têm a austeridade, nem a concepção, nem o instinto político, nem a experiência que faz o estadista.
É assim que há muito tempo em Portugal são regidos os destinos políticos. Política de acaso, política de compadrio, política de expediente.
País governado ao acaso, governado por vaidades e por interesses,
por especulação e corrupção, por privilégio e influência de camarilha,
será possível conservar a sua independência?»

(Eça de Queiroz, 1867, in «O Distrito de Évora»)

2 Comments:

At 17:24, Anonymous rps said...

Obrigado pela visita.
Quanto aso Eça... Sempre muito actual...

 
At 18:01, Blogger segurademim said...

Será????!!!!

Beijo, bom fim-de-semana :)

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home