domingo, novembro 13, 2005

MÚSICA

Já há cerca de 20 anos que o maestro José Atalaya mantém estes diálogos com os espectadores do concelho de Oeiras. Frequentador habitual, confesso que ultimamente não o tenho sido. Hoje, sabedor da presença do magnífico Jorge Moyano, voltei. E em boa hora o fiz, pois, além de ver o maestro em plena forma - ele que teve recentemente uns problemas de saúde - foi um regalo ouvir mais uma vez o pianista Jorge Moyano, soberbo na interpretação de Beethoven (sonata Primavera, op. 24, e sonata em lá bemol maior, op. 110). A acompanhar Jorge Moyano esteve um jovem violinista, Tiago Neto, considerado um dos maiores valores da jovem geração de violinistas ibéricos.
Que excelente espectáculo.
Foram cerca de duas horas que deixaram o público rendido aos encantos destes dois grandes intérpretes e destas duas obras.
Quinzenalmente, aos sábados, à tarde, pelas 16 horas, em Algés, no Teatro Municipal Amélia Rey Colaço, e aos domingos, às 11 horas, em Oeiras, no Auditório Municipal Eunice Muñoz, o maestro vai continuar a acompanhar-nos e, permitam-me a sugestão, acompanhem-no também. Não se arrependerão.

3 Comments:

At 19:38, Blogger segurademim said...

Boa dica! e como eu gosto de música...
O concerto de sábado é repetido ao domingo?

Beijo, boa semana

 
At 23:46, Blogger António Viriato said...

Justa evocação de José Atalaya, inteiramente merecedora, pela sua já longa carreira de Maestro, de grande divulgador da música clássica, talvez ainda o maior,
na actualidade, mercê de um rara capacidade comunicativa, altamente pedagógica e, sobretudo, por dispor de uma imensa paciência para educar mentes distraídas e ouvidos insensíveis, como infelizmente os de muita gente destes apressados tempos que vivemos...

 
At 14:02, Blogger adavid said...

Agradeço e retribuo os votos de boa semana.
Não, normalmente os concertos de
Algés não são repetidos em Oeiras.
Bjs.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home