domingo, novembro 20, 2005

DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DA ESTRADA


É tal a profusão de dias internacionais, que, confesso, este me passava à margem, tendo inclusive feito confusão, quando, logo pela manhã, ainda meio adormecido, comecei a ouvir alusões à sua comemoração.
Pareceu-me que seria apenas Dia Internacional da Memória (talvez o desejo de que também esse dia exista tenha determinado a confusão). Porém, vamos ao que interessa: louvo que se comemore o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada e não são poucas as razões determinantes; por exemplo, de Janeiro até agora morreram em Portugal 992 pessoas na estrada e a Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados lembra que a sinistralidade rodoviária é hoje a 9.ª causa da morte no mundo, prevendo-se que se torne a 3.ª se o padrão da automobilisação se mantiver.
De lembrar que a Assembleia Geral da ONU, reconhecendo esta verdadeira calamidade, aprovou ontem uma resolução que visou a adopção, por todos os Estados-membros, deste dia mundial, a ser comemorado no 3.º domingo do mês de Novembro.
Das diversas medidas que têm sido adoptadas em Portugal, ainda não vimos resultados, nem no menor número de mortes nem no comportamento dos automobilistas, entendendo eu que o problema passa necessariamente por um maior civismo e educação, mas isto do civismo e da educação terá de ser um desígnio nacional e então, sim, colheremos benefícios a vários níveis.

1 Comments:

At 15:14, Blogger segurademim said...

Impressionante!!! uma verdadeira guerra o que se passa no IP5...
Impressionou-me que a Associação só aceite como membros, aqueles a quem tenha morrido um filho na estrada... aí está uma instituição a que ninguém deseja pertencer!
Para mim era educação à bruta - quem originasse um acidente mortal era impedido de conduzir! para todo o sempre!
Beijo, boa semana

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home