quinta-feira, outubro 27, 2005

DIREITOS E OU REGALIAS - 1

GREVES

Entendo que só lutando, hoje, para manter os direitos conquistados - quantas vezes com que sacrifícios - é que estamos a criar condições para que os vindouros possam viver com alguma dignidade.
Já há uns anos que vimos ouvindo a mesma lengalenga - «é preciso fazer sacrifícios hoje para deixarmos um mundo melhor para os nossos filhos, blá, blá». Fizemos sacrifícios, estamos fazendo sacrifícios, e o que vemos? Vemos que os filhos, entretanto chegados ao mercado de trabalho, são hoje mais explorados do que alguma vez imaginaríamos (nunca pensei que depois de Abril se voltassem a ter relações de tabalho muitas vezes comparadas às do tempo do fascismo - nalgumas situações considero que há hoje, por incrível que pareça, menos respeito pelos trabalhadores do que nesse tempo).
Por isso, pela lógica economicista que está instalada e que parece ter vindo para ficar, infelizmente quase em todo o mundo, é que eu digo que é importante lutar hoje. Estes novos senhores do mundo têm apetites insaciáveis. Para eles o trabalho já não é um direito e imagino o prazer que sentem quando muitos trabalhadores já hoje não pensam em reivindicar o que quer que seja e quase agradecem o «privilégio» de terem um emprego.
Entretanto, a par do pedido de sacrifícios a uns, todos os dias nos chegam situações como esta (ora aqui está um bom web-emprego), que João Tunes, no seu Água Lisa 4, denuncia, demonstrativas de que afinal os sacrifícios não são mesmo para todos.
Pela forma como o Governo trata os trabalhadores, como vê os seus direitos, chamando-lhes de regalias, até parece que estes são uns criminosos.

1 Comments:

At 13:21, Blogger Evaristo said...

David: Se esta é a "arte final", a mim parece-me muito bem. Só um mas:
a côr verde "morre", devido á côr verde-cinza do próprio blogue. Talvez fique melhor um azul carregado.
O tal blogue, foi eliminado, já não está acessível. Se o David ainda tiver as páginas-web, agradeço que as reserve para mim.
Obrigado.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home