quarta-feira, setembro 28, 2005

APRENDER AFECTOS

  • NO AFECTO
    NADA SE ENTENDE
    E TUDO SE SENTE.

    OU SERÁ QUE TUDO SE ENTENDE
    E ASSIM SE SENTE?